mgago

A Agência para Avaliação e Acreditação do Ensino Superior prevê a redução de cerca de 650 cursos num total de 4900 graus actualmente existentes nas universidades e politécnicos do país. A informação foi dada ontem no Parlamento pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, que adiantou os primeiros dados de pedidos de acreditação: na ordem dos 3800.

É uma redução de pelo menos 640 cursos antes de qualquer processo externo de acreditação e avaliação, o que é uma informação positiva", considerou Mariano Gago, admitindo que poderão ainda ser encerrados outros cursos. Em audição na Comissão de Ciência e Tecnologia, o ministro anunciou ainda que as bolsas de pós-doutoramento vão "desaparecer gradualmente" até ao final da legislatura e irão transformar-se, em regra, em contratos de trabalho. Segundo Mariano Gago, as condições de trabalho para os bolseiros são uma "preocupação central" da tutela e "têm de ser equilibradas com os recursos existentes e a vontade de muitos quererem ser investigadores".

{backbutton}