uaA Universidade dos Açores vai alargar no próximo ano lectivo o Mestrado em Ambiente, Saúde e Segurança aos pólos de Angra do Heroísmo, na Terceira, e da Horta, no Faial, num inédito recurso ao sistema de videoconferência. As tecnologias estão a alterar o funcionamento das aulas (Enric Vives-Rubio/arquivo) As aulas deste mestrado, até agora ministradas apenas em Ponta Delgada em regime presencial, passam a poder ser assistidas em simultâneo em Angra de Heroísmo e na Horta, sendo a primeira vez que isso ocorre na academia açoriana, revelou hoje Conceição Vieira, do Departamento de Biologia, que assegura o funcionamento do mestrado com a colaboração do Grupo SGS.

Conceição Vieira salientou que a decisão foi originada pelo elevado número de alunos de várias ilhas dos Açores que se manifestaram interessados na frequência do Mestrado em Ambiente, Saúde e Segurança. O curso, com a duração de quatro semestres lectivos e 400 horas presenciais (em Ponta Delgada), atribui o grau de mestre em Ambiente, Saúde e Segurança, de auditor interno de Segurança e de técnico superior de Segurança e Higiene no Trabalho. No ano lectivo que está a terminar, o mestrado, ministrado em regime pós-laboral, envolve 42 alunos, tendo Conceição Vieira admitido o aumento deste número para o próximo ano lectivo face ao alargamento do curso a Angra do Heroísmo e à Horta.

{backbutton}