LOGO RBBB

Eventos

RBB nas Redes Sociais

facebook-logo twitter-logo delicious-logo youtube-logo

313241Jorge Seabra, director do Serviço de Ortopedia do Hospital Pediátrico de Coimbra (HPC), desvalorizou ontem os riscos para a saúde das crianças e adolescentes resultantes do peso das mochilas, assegurando que "a sobrecarga pode gerar cansaço, mas não origina nenhuma deformidade permanente da coluna". Ainda assim, o especialista defendeu que a sobrecarga das mochilas deve ser evitada. O especialista, que se tem dedicado ao tratamento da patologia da coluna vertebral em crescimento, considera que a sobrecarga das mochilas deve ser evitada, "por causar cansaço muscular e desconforto", mas sublinha que "pode ser mais perigoso, para os jovens, praticarem um desporto com demasiada exigência, correspondendo às ambições de pais, que, por vezes, vêem nos filhos uns verdadeiros "Ronaldinhos"".

Numa nota divulgada através do serviço de comunicação, o HPC esclarece ainda que a escoliose, nomeadamente, "está ligada, na juventude, ao processo de crescimento da coluna vertebral e não tem qualquer ligação com más posturas, sobrecarga mecânica ou diferença do comprimento dos membros".

{backbutton}