LOGO RBBB

Eventos

RBB nas Redes Sociais

facebook-logo twitter-logo delicious-logo youtube-logo

vila_rela












Dezenas de crianças já passaram pela Biblioteca de Vila Real para ajudarem a limpar e a salvar livros antigos, uma iniciativa lançada há um ano com o objectivo de sensibilizar os mais pequenos para a conservação do fundo bibliográfico. Dani, dez anos, pegou na trincha e com uma delicadeza invulgar numa criança limpou uma das páginas do livro «Sermões do Padre Diogo Curado», já com mais de 300 anos, proveniente do Convento de São Francisco.

«Temos que limpar sempre de baixo para cima, para não mandarmos o pó para cima de nós, e este trabalho tem que ser feito com muita calma e paciência», explicou Elsa Nóbrega, técnica de arquivo da Biblioteca Municipal de Vila Real. Dani acatou todas as ordens. Primeiro colocou as luvas e a máscara, por causa das poeiras e microrganismos escondidas entre as 597 do livro antigo, depois passou várias vezes a trincha, sempre de baixo para cima, e no final fez questão de ajudar a colocar a capa de plástico que passará a envolver e a proteger a publicação. «Não sabia que podiam existir tantos bichos dentro dos livros como as traças, os piolhos dos livros ou as térmitas. Ensinaram-nos isso antes de começarmos a limpar», referiu o pequeno. Mas, para além desses pequenos bichos, existem outros que podem destruir os livros, como os roedores ou as baratas. Elsa Nóbrega enumerou ainda outros factores externos que podem estragar um livro, como a humidade ou a temperatura ou até as migalhas que se escondem entre as páginas quando se come ao mesmo tempo que se lê. «É para tudo isso que as crianças são alertadas. Depois, com a ajuda deles, fazemos aqui a higienização e tratamento dos livros», referiu.
Para ler mais clique no link:
{backbutton}