LOGO RBBB

Eventos

RBB nas Redes Sociais

facebook-logo twitter-logo delicious-logo youtube-logo

internet










Em plena Guerra Fria, os EUA lançaram um programa militar chamado ARPA, que viria a dar origem à ARPANET, a rede precursora da Internet. A 29 de Outubro de 1969, a ARPANET conseguiu a primeira ligação entre computadores. Nos anos que se seguiram, a tecnologia passou do ambiente militar para o meio académico, onde permaneceu muitos anos antes de chegar ao resto dos utilizadores. Em quatro décadas, a Internet mudou o mundo. Para ver a evolução da INTERNET clique no link: http://static.publico.clix.pt/40anosinternet/

Astérix













"Astérix, o guerreiro gaulês" começou a ser publicado em Portugal cerca de ano e meio depois da sua estreia em França, aparecendo discretamente no interior do semanário "Foguetão", ao lado de Kim Novak, a "estrela da semana" nessa edição de 4 de Maio de 1961. O "Foguetão" era mais um título da E.N.P., que já editava o "Cavaleiro Andante", e tentava ocupar um outro nicho de mercado, mais vasto, com uma publicação que era o dobro do tamanho e custava então 2$50 escudos.

Continuar...

vila_rela












Dezenas de crianças já passaram pela Biblioteca de Vila Real para ajudarem a limpar e a salvar livros antigos, uma iniciativa lançada há um ano com o objectivo de sensibilizar os mais pequenos para a conservação do fundo bibliográfico. Dani, dez anos, pegou na trincha e com uma delicadeza invulgar numa criança limpou uma das páginas do livro «Sermões do Padre Diogo Curado», já com mais de 300 anos, proveniente do Convento de São Francisco.

Continuar...

PNL












O Plano Nacional de Leitura (PNL) e o Observatório da Língua Portuguesa (OLP) vão desenvolver um projecto de voluntariado para estimular a leitura em parceria entre adultos e crianças, em instituições como escolas e bibliotecas. A medida foi anunciada no âmbito da assinatura de um protocolo entre o PNL e o OLP, com vista a promover iniciativas para promoção do livro e da leitura em Portugal e restantes países membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). «É uma área importante de cidadania em que as pessoas podem ajudar os outros a ler mais e melhor», explica Isabel Alçada, comissária do PNL, realçando que já existem no nosso país diversos projectos de voluntariado de leitura em várias áreas, nomeadamente o apoio à leitura junto de pessoas, crianças e adultos, hospitalizadas.
viverdhumanos










A 10 de Dezembro de 1948, a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas proclamou a Declaração Universal dos Direitos do Homem (DUDH) "como ideal comum a atingir por todos os povos e todas as nações, a fim de que todos os indivíduos e todos os órgãos da sociedade, tendo-a constantemente no espírito, se esforcem, pelo ensino e pela educação, por desenvolver esses direitos e liberdades...". Assim se reconhecia, três anos após os horrores da segunda guerra mundial, não só a igual dignidade de todos os seres humanos - "Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos (...) sem distinção alguma, nomeadamente de raça, cor, sexo, língua, religião, opinião política ou outra, origem nacional ou social, de nascimento ou de qualquer outra situação..." - como também o papel essencial a desempenhar pela educação na promoção desses direitos e responsabilidades. Como actividade pedagógica, promover o debate sobre os Direitos Humanos na Educação para a Cidadania significa promover o desenvolvimento da consciência cívica em matéria de Direitos Humanos.